WHOIS do LACNIC

O serviço WHOIS é um sistema distribuído para consultas de informação sobre recursos da Internet que permite obter informações sobre o proprietário de um nome de domínio ou de um endereço IP na Internet.

O serviço WHOIS que proporciona o LACNIC permite realizar consultas de informação sobre os Números de Sistemas Autônomos (ASN) e blocos de endereços IP designados pelo LACNIC. Adicionalmente, permite obter informações associadas a esses recursos da Internet, como dados das organizações e de seus pontos de contato.

Introdução

O sistema WHOIS foi originalmente descrito pela RFC 812, mais tarde substituída pela RFC 3912 "WHOIS Protocol Specification". Como foi descrito nesses documentos, o sistema WHOIS foi definido como uma ferramenta para a consulta dos pontos de contato das organizações conectadas naquela época à ARPANET. O sistema não inclui a especificação do formato a ser usado nas respostas a essas consultas. Por esse motivo, os diferentes sistemas WHOIS apresentam a informação em diferentes formatos.

Como realizar a consulta?

O servidor pode ser consultado através de duas vias diferentes: Desde um computador que tenha o software cliente WHOIS, por linha de comando, devendo utilizar para isso a forma:

As informações proporcionadas pelo WHOIS do LACNIC estão organizadas em um conjunto de atributos e valores separados por ":"

Ao realizar uma consulta de recursos, quer ASN ou bloco IP, são obtidos os seguintes atributos:

  • "owner:" Nome da organização que tem designado o recurso;
  • "ownerid:" Código da organização no banco de dados do LACNIC;
  • "reponsable:" Nome da pessoa de contato ou grupo responsável na organização ;
  • "address:" Endereço postal da organização ;
  • "country:" Código de país da organização ;
  • "phone:" Telefone da organização ;
  • "owner-c:" Código do ponto de contato da organização ;
  • "tech-c:" Código do ponto de contato técnico para o bloco IP;
  • "routing-c:" Código do ponto de contato técnico para o ASN;
  • "abuse-c:" Código do ponto de contato para questões de abuso;
  • "created:" Data de designação do recurso da Internet;
  • "changed:" Data da última modificação realizada na informação do recurso Internet.

Posteriormente, é apresentada a informação do ponto de contato associado a esse recurso da Internet. Os atributos apresentados são os seguintes:

  • "nic-hdl:" Código do ponto de contato ;
  • "person:" Nome da pessoa ou grupo que representa esse ponto de contato;
  • "e-mail:" Endereço de correio eletrônico para esse ponto de contato;
  • "address:" Endereço postal do ponto de contato;
  • "country:" Código de país do ponto de contato;
  • "phone:" Telefone do ponto de contato;
  • "created:" Data de criação dessa informação no banco de dados;
  • "changed:" Data da última modificação realizada na informação desse ponto de contato.

Quando a consulta for acerca de um bloco IP, além da informação acima mencionada, é possível obter informação sobre a delegação DNS, cujos atributos são os seguintes:

  • "inetrev:" Indica o bloco total ou parcial que foi delegado;
  • "nserver:" Nome do servidor DNS;
  • "nsstat:" Estado desse servidor DNS;
  • "nslastaa:" Última data em que foi verificado um estado "ok" para esse servidor.

Ainda no caso de consultas sobre blocos IP que tenham sido sub-designados a outras organizações, será mostrada a informação que indique o bloco "pai" dessa sub-designação, isto é, o bloco original desde o qual foi realizada essa sub-designação. Nesse caso, o atributo é o "inetnum-up".

Além das consultas por ASN ou bloco IP no sistema WHOIS do LACNIC, é possível fazer consultas por código do ponto de contato. Nesse caso a informação obtida será: nome, endereço postal, e-mail e telefone, unicamente para esse contato.

Por último, o sistema WHOIS do LACNIC também oferece a possibilidade de fazer consultas por código de organização. A resposta para esse tipo de consulta irá incluir, além da informação da organização já mencionada anteriormente, uma lista de todos os recursos da Internet designados a essa organização. Os atributos nessa consulta são os seguintes:

  • "aut-num:" ASN designado à organização
  • "inetnum" Bloco IP versão 4 ou versão 6 designado à organização .

Joint Whois

O Joint Whois é um projeto desenvolvido pelos cinco (5) Registros Regionais da Internet (RIR) sob a coordenação da NRO (Number Resource Organization) com o objetivo de oferecer um único ponto para realizar consultas sobre recursos da Internet independente do RIR a que pertença esse recurso.

Hoje, cada Registro Regional possui seu próprio serviço de consultas WHOIS, que permite obter informação acerca dos recursos da Internet designados por cada um deles às organizações localizadas em suas respectivas regiões de serviço.

A desvantagem deste serviço para o usuário é que antes de realizar uma consulta sobre um recurso, deve identificar qual é o RIR responsável desse recurso para depois realizar a consulta no servidor WHOIS correspondente a esse RIR. Para evitar esse inconveniente e facilitar o procedimento, os Registros Regionais, coordenados pela NRO, desenvolveram o serviço WHOIS conjunto. Esse serviço funciona como único ponto de consulta para qualquer recurso da Internet independente do RIR a que pertença esse recurso.

O sistema é essencialmente um "proxy" que encaminha as consultas recebidas para o servidor WHOIS do RIR a que corresponde o recurso consultado. Quando o servidor de um RIR recebe uma consulta, o mesmo identifica o RIR responsável desse recurso e de imediato encaminha a consulta ao WHOIS desse RIR. A resposta recebida é então re-enviada ao usuário.

Atualmente o servidor whois.lacnic.net funciona dessa forma, isto é, como um proxy Joint Whois.

Em busca de um melhor WHOIS

Há algum tempo que a comunidade da Internet está trabalhando na criação de um sucessor para o antigo protocolo WHOIS. No LACNIC estamos trabalhando em um protótipo de RESTful WHOIS baseado nos documentos criados pelo grupo de trabalho WEIRDS (WHOIS-based Extensible Internet Registration Data Service) da IETF (Internet Engineering Task Force) dos quais o LACNIC participa ativamente.

A técnica REST (Representational State Transfer) propõe uma forma de criar serviços web semânticos diretamente sobre o protocolo HTTP 1.1, usando a sinalização do mesmo para manipulação de erros e entrega de resultados O serviço RESTful WHOIS do LACNIC proporciona informações equivalentes à do antigo WHOIS mas de uma forma mais amigável para o usuário e com formatos padrões de resposta como XML e JSON.

Como realizar a consulta?

RESTful WHOIS ainda é um serviço de prova pelo que não há garantias de disponibilidade além de que a estrutura das respostas pode mudar. Alguns exemplos de consulta são:

Para consultar por um prefixo IP (IPv4 ou IPv6)

Para consultar por um sistema autônomo

Para consultar por uma organização

Para consultar somente os contatos de uma organização:

Para consultar por um DNS Inverso (IPv4 ou IPv6)

Por padrão, as respostas são em formato XML. Para obter as respostas em formato JSON deve-se incluir o cabeçalho HTTP "Accept: application/json" ao pedido HTTP que realiza ao servidor.

O formato JSON é usado para integrar aplicações web que usam AJAX ou librarias como JQuery para criar interfaces de usuário dinâmicas.

Mais informações e Referências

Para mais informações sobre os serviços WHOIS e RESTful WHOIS do LACNIC pode acessar:

FAQ LACNIC

RESTful WHOIS LACNIC

IETF WEIRDS WG