WHOIS Mi LACNIC
Su dirección IP es / Your IP address is: 

Três representantes da Comunidade de LACNIC

Três representantes da Comunidade de LACNIC

Rafael (Lito) Ibarra

Rafael (Lito) Ibarra é salvadorenho, é formado em engenharia elétrica, administração de empresas e tem um mestrado em novas TIC.

É presidente fundador e diretor executivo de SVNet (ccTLD para El Salvador), presidente e fundador de RAICES (Rede Avançada de Pesquisa, Ciência e Educação Salvadorenha), membro da diretoria de LACNIC, tem sido membro das diretorias de LACTLD (foi seu primeiro presidente) e RedCLARA.

Membro fundador da Associação Conexão para o Desenvolvimento de El Salvador, tem sido fundador de Infocentros, fundador de Fab Lab El Salvador, membro do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia de seu país, diretor de informática da Universidade Centro-americana José Simeón Cañas e presidente do capítulo ISOC de El Salvador. Faz parte dos conselhos de várias empresas públicas e privadas, e é ex-professor e diretor de diversos trabalhos de graduação e pós-graduação. Tem sido reconhecido como o Pai da Internet em El Salvador, e tem colaborado em diferentes projetos e iniciativas na América Central e Latina, ligados à Sociedade do Conhecimento.

Esteban Lescano

Esteban é Executivo MBA 2010. Summa Cum Laude pelo IAE Business School da Universidade Austral. Tem um mestrado em Direito de Negócios. 2003 pela Universidade Francisco de Vitoria em Madri,  Espanha ( Com uma bolsa outorgada pela Fundação Carolina).  Tem curso de pós-graduação em Direito das Telecomunicações no ano de 2000 pela Universidade Austral, em Buenos Aires. É formado em Direito com diploma de honra pela mesma universidade no ano de 2000.

Desde março de 2007 até hoje: Sócio de LESCANO & ETCHEVERRY ABOGADOS:-www.lescano etcheverry.com.ar- estudo de advogados  especializados em assessoramento jurídico e estratégico para prestadores de serviços de telecomunicações, tecnologias da informação e meios de comunicação social, contando entre seus clientes empresas locais e multinacionais, cooperativas, entidades públicas e organizações sem fins lucrativos vinculadas às telecomunicações e aos serviços de comunicação audiovisual na Argentina e em vários países da América Latina.

Representa seus clientes perante as diferentes câmaras empresariais do sector e perante entidades regulatórias como: a Secretaria de Comunicações, Comissão Nacional de Comunicações, Autoridade Federal de Serviços de Comunicação Audiovisual e Comissão Nacional de Defesa da Concorrência. É diretor da Comissão de Assuntos Legais e Políticas Públicas da CABASE (Câmara Argentina da Internet) além de ser seu representante perante o Comitê Técnico do Serviço Universal da Argentina, entidade que assessora à Secretaria de Comunicações na execução de programas de Serviço Universal para o desenvolvimento das telecomunicações no país.

No âmbito acadêmico é professor por concurso, desde 2002, de direito à informação na faculdade de Ciências Sociais da Universidade de Buenos Aires (UBA), sendo sua área de pesquisa a interconexão de redes IP e a liberdade de expressão na Internet. Tem participado de outras cadeiras relacionadas ao direito das telecomunicações e as tecnologias da informação na Universidade Austral e na Universidade de Ciências Empresariais e Sociais, as duas em Buenos Aires.

Desde 2013 participa regularmente das reuniões organizadas por LACNIC e ICANN, tem participado da NETMUNDIAL bem como de outros fóruns e eventos relacionados com o desenvolvimento da Internet tanto a nível regional quanto internacional.

É palestrante em seminários e cursos relacionados com a indústria das TIC e das Telecomunicações.  Tem publicado trabalhos de pesquisa e artigos em jornais e revistas relacionados com a regulamentação das telecomunicações.

Jorge Villa

Jorge é Engenheiro em Telecomunicações e tem mestrado em Telemática pelo Instituto Superior Politécnico José Antonio Echeverría (La Habana, Cuba).

Desde 1993, desenvolve atividades em empresas cubanas de telecomunicações e, nos últimos 17 anos, tem trabalhado, de forma permanente, no setor acadêmico na área de Redes e Telecomunicações do Ministério de Educação Superior como Supervisor das Telecomunicações da Rede Nacional Universitária, sendo o máximo responsável do desenho e da operação técnica da infraestrutura das comunicações dessa rede.

Tem estado envolvido em vários projetos nacionais e internacionais de grande relevância, entre eles, introdução da Internet em Cuba (1996), redesenho da Rede Nacional Universitária (Ilhas Canárias, 1998), desenvolvimento de um projeto cubano do estilo da Internet2 (2002), criação da Rede CLARA (2003) e capacitação massiva em Tecnologias da Internet e Gestão do Conhecimento (Universidade Autônoma de Santo Domingo, República Dominicana, 2005-2007).

Tem fundado a Força de Tarefas IPv6 Cuba (2003); tem participado em diferentes reuniões de LACNIC; tem sido palestrante e painelista no Fórum Latino-americano e Caribenho do IPv6 (FLIP6), bem como membro do Comitê de Seleção dos trabalhos a serem apresentados no FLIP6.Também tem ministrado palestras no Fórum Latino-americano de Operadores de Rede (LACNOG) e hoje é membro do Comitê de Programa do LACNOG. Participou na organização do LACNIC IPv6 Tour (edições Habana 2005 e 2009) proporcionando temas de interesse. É membro do Comitê Coordenador do evento Global IPv6 Summit México; ministrando conferências e oficinas especializadas em todas suas edições (2007, 2009 e 2011).

Hoje representa à região da América Latina e o Caribe na Address Supporting Organization Address Council (ASO AC) da ICANN. Ministra regularmente conferências, consultorias e cursos de pós-graduação de redes, telecomunicações e tecnologias da Internet dentro e fora de Cuba. Tem colaborado com várias organizações, entre elas, o Instituto Canário de Pesquisa e Desenvolvimento, a UNESCO e o PNUD.

Top CHK_LACNIC